terça-feira, 28 de dezembro de 2010

211. Monica A. Ancapi

“Publico e Privado”
Fotografia
59.5 x 44.5 cm.
2010
“Sem provocar questionamento?”
Fotografia
59.5 x 44.5 cm.
2010

Artista: Monica A. Ancapi, nasceu em Temuco – Chile. Radicada no Brasil desde 15/02/80. Atualmente reside no ABC e trabalha em São Paulo.

2010 – Curso de Litografia com mestre e impressor Roberto Gyarfi (Alemão) Casa do Olhar – Santo André – SP Brasil
2010 – Grupo de Pesquisa de Estudo de Gravura - ASSAOC – SP Brasil
2010 – Curso de Fotografia com o fotografo e professor Armando Prado - ASSAOC – SP Brasil
2009 – Latos-Sensu – Pós – Docência do Ensino Superior – Faculdade Anchieta – São Bernardo do Campo – SP - Brasil
2008 – Latos-Sensu - Pós – Graduação em Arte Educação – FAINC – Santo André – SP - Brasil
2007/2006 - Gravura em Metal – Especialização - Ministrantes: Antonio Albuquerque e Marcos Butti – ECA USP- Brasil
2007 - Estudos Artísticos – Anatomia Artística – Prof. Ismael Maciel
2007 - Optativa de Graduação – O Papel do desenho na Arte – Aluna Especial – MAC – USP – Ministrante: Carmem Aranha
2006 - Historia da Arte – Departamento ECA – USP - Brasil
2005 - Formação Acadêmica – Habilitação Plena de Educação Artística com Bacharelado em Artes Plásticas na Faculdades Integradas Coração de Jesus – FAINC – Santo André – SP - Brasil

Exposições Internacionais
2010 Novembro – Coletânea - Convidada com 01 obra – Museu Nômade do Grabado “El Grabado em el Bicentenário – Buenos Aires - Argentina
2010 Julio e Agosto – Coletânea – Selecionada com 02 obras – II Premio de Grabado Atlante – Curuña - Espanha
2009 Dezembro – Coletânea – Selecionada com 02 obras – Aleph Gallery Bogotá - Colômbia
2009 Setembro – Coletânea – Selecionada com 01 obra – Fundarte Latinoamérica – Toronto - Canadá
2008 Outubro e Novembro – Coletânea - Selecionada com 03 Obras – II Bienal de Arte Indígena – Palácio la Moneda - Santiago - Chile
2008 Março e Abril – Coletânea – Selecionada com 03 Obras – IV Bienal Internacional de Gravura “Contratalla” – Tarragona – Espanha
2007 Setembro e Outubro – Coletânea – Selecionada com 01 Obra - Fundarte Latinoamérica – Toronto – Canadá
2006 Outubro e Novembro – Coletânea – Selecionada com 01 Obra – Maison du Brésil – Paris – França
2006 Setembro – Coletânea – Selecionada com 01 Obra - Galerie Artitude – Paris – França
2005 Maio – Coletânea – Convidada – Intercambio da Embaixada – Chile e Brasil - Santiago – Chile

Exposições Nacionais Mais Relevantes
2010 Outubro e Novembro – Coletânea – Convidada com 25 obras - ASSAOC Galeria Oswald de Andrade – Bom Retiro – SP – Brasil
2010 Agosto Setembro – Coletânea – Convidada com 05 obras – ASSAOC Galeria Oswald de Andrade – Bom Retiro – SP – Brasil
2010 Julio – Coletânea – Convidada 03 obras – Ocupação Artística Cultural em Santo André - Santo André – SP – Brasil
2010 Junho – Coletânea – Convidada com 02 obras - ASSAOC Galeria Oswald de Andrade – Bom Retiro – SP - Brasil
2009 Dezembro – Convidada com 06 obras – Mostra Cultural e Artes da Faculdade Anchieta – São Bernardo do Campo – SP - Brasil
2009 Setembro e Outubro – Selecionada com 30 Obras – Pinacoteca de São Caetano do Sul – SP – Brasil
2009 Julho e Agosto – Coletânea – Convidada com 03 obras – ASSAOC – São Paulo – SP – Brasil
2009 Abril e Maio – Coletânea – Convidada com 8 obras – ASSAOC – São Paulo – SP - Brasil
2009 Fevereiro e Março – Coletânea – Selecionada com 02 obras – XII Salão de Artes Plásticas de Rondônia – RO - Brasil
2009 Janeiro, Fevereiro, Março e Abril – Coletânea – Selecionada com 01 obra – Espaço Cultural da Estação Brás da CPTM - SP - Brasil
2008 – Dezembro - Coletânea – Selecionada com 01 Obras – Salão de Artes Plásticas de Santa Bárbara D Oeste – SP - Brasil
2008 – Outubro Novembro – Coletânea – Convidada com 03 Obras – ASSAOC – São Paulo – SP - Brasil
2008 – Agosto – Coletânea – Selecionada com 01 Obra – 14º Salão de Artes Plásticas de Teresina – Teresina – PI - Brasil
2008 – Julho – Coletânea – Convidada com 36 Obras – V Mostra Luilui da Arte Cultura – Pavilhão da Bienal do Ibirapuera – São Paulo - Brasil
2008 – Junho – Coletânea – Convidada com 03 Obras – Parque Escola – Santo André – SP - Brasil
2008 – Março – Coletânea – Convidada com 03 Obras – ASSAOC – São Paulo – SP – Brasil
2008 – Janeiro – Coletânea – Selecionada com 02 Obras – 1º Salão de Belas de São Paulo – Bienal de São Paulo – SP – Brasil
2007 - Outubro a Dezembro – Coletânea - Selecionada com 03 Obras – Bienal de Arte do Triângulo Mineiro – Uberlândia – MG – Brasil
2007 - Outubro e Novembro – Coletânea – Selecionada com 03 Obras – Salão de Artes Plásticas de São José do Rio Preto – São José do Rio Preto - SP – Brasil
2007 - Outubro – Coletânea – Selecionada com 02 Obras - Grande Exposição de Arte Bunkyo – Liberdade – São Paulo – SP - Brasil
2007 Setembro e Outubro – Coletânea – Selecionada com 01 Obra - XXXVIII Salão da Primavera – A.P.B.A. – São Paulo - SP - Brasil
2007 Agosto e Setembro – Coletânea – Selecionada com 03 Obras - 13º Salão de Artes Plástica de Teresina – Piauí - PI – Brasil
2007 Agosto - Coletânea – Selecionada com uma 01 Obra – I Salão de Arte sobre o Papel – A.P.B.A – São Paulo – SP - Brasil
2007 Março e Abril – Coletânea – Selecionada com 12 Obras – “Reler o Índio e Rever” – Pinheiros – SP – Brasil
2007 Fevereiro e Março – Coletânea – Selecionado com 01 Obra – Centro Cultural Paschoal Carlos Magno – Icaraí – Niterói – RJ – Brasil
2007 Janeiro – Coletânea – Selecionada com 02 Obras - VII Salão São Paulo 453 anos – Centro Cultural do Aço Cosipa – SP - Brasil
2006 Julho – Coletânea – Selecionada com 01 Obra - Centro Cultural Japonês – Biten – Liberdade – SP – Brasil
2005 Outubro – Coletânea – Selecionada com 10 Obras – Hall do Teatro de Mauá – Mauá – SP - Brasil
2004 Novembro – Coletânea – Convidada – Sub Prefeitura da Lapa – Lapa – São Paulo – SP – Brasil
2004 Abril – Coletânea – Selecionada com uma 01 Obra – Funarte – 1º Bienal da Cultura Latino Americana - Intercambio Brasil – Chile – SP - Brasil
2003 Junho – Coletânea - Convidada – Mirante de Pinheiros – Pinheiros – SP – Brasil

Exposições Individuais
2007 Junho – Exposição Individual - Selecionada com 21 Obras - Biblioteca Prefeito Prestes Maia - Santo Amaro – São Paulo - SP – Brasil

Obras em Museu e Instituições
2009 – Pinacoteca Municipal de São Caetano do Sul – Aquisição 01 Obra Desenho – São Caetano do Sul – SP - Brasil
2009 – Centro Cultural Juan Gajardo – Aquisição 01 Obra Gravura - Alto de Pinheiros – São Paulo – SP – Brasil
2009 – ASSAOC – Aquisição de 01 Gravura – Bom Retiro - São Paulo – SP - Brasil
2008 – FAINC – Faculdades Integradas do Coração de Jesus – Aquisição 01 Gravura – Santo André - SP – Brasil
2008 – IV Bienal Internacional de Gravura “Contratalla”– Aquisição 03 Gravura – Tarragona - Espanha
2007 – Fundarte Latinoamerica – Bienal de Toronto – Aquisição 01 Gravura
– Toronto – Canadá
2007 - Galeria Gradka Uzice – VIII Bienal de Gravado Ponta Seca – Aquisição 02 Gravuras – Yuguslavia – Monte Negro e Servia
2007 – Acervo Particulares - SP – São Paulo Aquisição 12 Obras de Diversas Técnicas – São Paulo – Brasil.
2006 - Museu Municipal de Albacete – VII Bienal da cidade de Albacete – Aquisição 01 Pintura – Albacete – Espanha

210. Marina Mourão

SORTILÉGIO
técnica mista
80x150 cm

Marina Mourão, nasceu na cidade de Águas Formosas, Brasil, em 1964, no seio de uma família numerosa de doze irmãos. Sua mãe, senhora de uma enorme capacidade criativa, modista de alta-costura, bordadeira e pintora, alimentou o “caldo” cultural onde Marina foi “beber” toda a sua formação estética: na loja de sua mãe, cedo começou a contactar com tecidos, com bordados, com lantejoulas, com rendas, com todos os materiais belos e nobres que sua mãe utilizava para criar fantasias de Carnaval, fatos de noite, vestidos de noiva. E apaixonou-se para sempre por esse mundo de beleza e fantasia. Cedo, ainda na escola básica, Marina demonstrou as suas tendências artísticas fazendo escultura, pintura decorativa, cartazes para a escola. Um pouco mais tarde começou uma colaboração estreita com a mãe, fazendo decoração de montras e desenhando os modelos exclusivos da loja familiar, que a mãe executava.

Fez um curso de artes decorativas, estratificando desse modo todas as tendências estéticas herdadas da mãe e por ela fomentadas, mas acabou por ir para a Universidade em Belo Horizonte fazer o curso de Dentista por influência paterna ( “Arte não é uma profissão segura”, temia ele). Algum tempo mais tarde, quando uma das irmãs conseguiu, por artes e manhas, convencer o pai a autorizá-la a cursar Belas Artes, Marina “fez” o curso com a irmã, pedindo-lhe em casa que lhe ensinasse e transmitisse tudo o que ia aprendendo na faculdade.
Mas com o “bichinho” da arte nas entranhas, até com a sua formação académica Marina soube ser criativa, ligando o curso técnico às suas tendências artísticas: para ela as técnicas das próteses ainda é como fazer escultura (“É um mundo de fazer beleza”, diz Marina, e nós concordamos, estando aí a provar a asserção todos os belos sorrisos que saem do seu consultório), e o que aprendeu nas aulas de anatomia serve-lhe hoje para representar, nas suas pinturas, o corpo humano em toda a sua perfeição física.
Hoje, a viver em Portugal com a família que aqui formou, Marina é uma artista plástica multifacetada. Há uns dias, a Dra. Marina teve a gentileza de me abrir as portas de sua casa, da casa de Marina-artista, e com esse gesto abriu-me a sua alma. Está lá tudo: nos móveis restaurados/alterados, nas ânforas pintadas de dourado, nos espelhos barrocos, nas esculturas representando a figura humana, nas roupas vermelhas (sempre o vermelho) bordadas de lantejoulas a vestir manequins “retro”; nas belíssimas nuvens de tule junto de todas as janelas, nas cores mais doces do arco-íris, e a que a artista chama cortinas, nos anjos que nos espreitam, irónicos mas vigilantes, das portas de um armário. Tudo saído das suas mãos. Intimidade desnudada da sua casa, que é reflexo da sua interioridade: ali se respira o sortilégio das memórias do seu mundo infantil, uma espécie de reminiscência sagrada da infância, que ela encena com inteligência e liberdade. Face lúdica do seu trabalho artístico, que revela a menina que habita a mulher.
E por fim, ou no fim, a tudo sintetizar, a sua pintura. Marina aprimorou-se com mestres portugueses e ao longo dos anos veio fazendo experiências com materiais dentários que adaptou aos seus trabalhos plásticos. Desenvolve uma pintura figurativa contemporânea, (além das mulheres, os cavalos e a Tauromaquia são temas preferidos nas suas obras), utiliza várias técnicas e vários materiais. Parece-nos claro que a artista quer, nas suas pinturas, fazer uma síntese de tudo em que tocou ao longo da sua vida criativa: as colagens, as sobreposições, os dourados, as pedrarias, os tecidos nobres, as cores vibrantes. Há uma necessidade evidente de se apropriar de todos os materiais e de todas as técnicas aprendidas na sua infância, e aglutiná-las, apreendê-las, aprisioná-las nas suas pinturas, num processo criativo original, para que as memórias não se dissolvam. “O que eu gosto é de bordar”, confessou, e esta frase sua é um manifesto estético e simultaneamente a chave para a compreensão dos seus trabalhos plásticos.
Por tudo isto, tanto a sua cenografia privada como a sua pintura – teatralidade ou representação das memórias – nos convocam para um mundo de alegria e extroversão, de originalidade mas também de continuidade, simultaneamente de tradição e inovação.
Neste nosso tempo de globalizada “cinzentez” e alguma tristeza, conseguimos
encontrar na pintura de Marina Mourão, inteiros, o sonho e a espontaneidade, o mundo da infância e da ingenuidade, o olhar essencial em suma.

Isto, se quisermos olhar e ver.

Maria José Dias Rodrigues ( Filóloga )

EXPOSIÇÕES REALIZADAS :
Exposição Individual de Pintura - Galeria municipal - Ourem 2008
Exposição Coletiva de Pintura - Biblioteca Municipal Antônio Botto, Abrantes 2008
Exposição Coletiva de Pintura - Galeria Mouzinho de Albuquerque, Batalha 2009
Feira Internacional PURO ARTE VIGO - Espanha 2009
Exposição Coletiva de Pintura - Edifício Banco de Portugal, Leiria 2009
Feira Internacional de Arte - ARTEXPO NEW YORK 2009
Exposição Coletiva de Pintura - Edifício Centro de Negócios, Ourem 2009
Exposição Internacional “Art Meeting in London III”- GALLERY 118, Londres 2009
Feira Internacional de Arte - WORLD ARTE EXPO - California 2009
Feira Internacional de Arte - ARTE ALGARVE - Loulé 2009
Mostra Internacional BRASIL X PORTUGAL - Galeria Municipal, Ourem 2009
Exposição Internacional - GALERIES ARTITUDE, Paris 2009
Feira Internacional de Arte - MUSEUM WORLD ART FOUNDATION, Brea - California 2009
Exhibition " WOMAN PAINTERS "- Gallery 118, Londres 2009
Feira Internacional de Arte - MARB ART, Espanha 2009
Mostra Internacional de Arte - CHALK FARM GALLERY , Santa Fe 2009
Exposição Individual de Pintura - ACADEMIA DE DRESSAGE, Portugal 2009
Mostra Internacional de Arte - MIRANDA GALLERY , Laguna Beach, Califórnia 2009
Exposição Coletiva de Pintura - Cruise MSC MUSICA, Brasil 2009
Exposição Coletiva de Pintura - Cruise MSC ORCHESTRA , Brasil 2010
Feira Internacional de Arte - WAF LAS VEGAS I - ART DISTRICT GALLERY 2010
Exposição / leilão de Artes Plásticas em prol da Madeira" AJUDA COM ARTE “- Porto 2010
Feira Internacional de Arte WAF LAS VEGAS II - ART DISTRICT GALLERY 2010
Exposição Individual de Pintura - Galeria Aberta MUSEU DO TRAJE, Algarve 2010
Exposição Coletiva" QUEM É FERNANDO PESSOA ? "- Galeria Santo Antonio, ALGARVE 2010
Exposição Coletiva de Pintura - EMPÓRIO DA VILLA, São Paulo, Brasil 2010
Feira Internacional de Arte - CARROUSELL DU LOUVRE, Paris 2010
Feira Internacional de Arte - WAF EXPO SANTA FE, Novo Mexico 2010
Exposição Internacional de Arte - “Female Energy Artists Exhibition“ GALLERI HAGSTROM, Estocolmo 2010Exposição Coletiva de Artes Plásticas - GESPOGARTES, Durante o evento XXXV Feira Internacional do Cavalo, Golegã 2010
Atualmente representada pelo Marchand brasileiro Giovanni Fiorini.

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

209. Francisco Roberto

 Chafariz
Natureza
FRANCISCO ROBERTO SILVA VARGAS, nascido em Pelotas, RS, Brasil, Administrador de Empresas, trabalhou no Serviço Público Federal. Posteriormente à aposentadoria, passou a preencher o tempo com a fotografia tendo à mão sua inseparável câmera.
Começou a participar de concursos e exposições como forma de obter uma avaliação do trabalho desenvolvido, por pessoas do meio, bem como pelo público em geral.
Acredita que cada trabalho é único, mas não definitivo pois pode interpelar cada observador de maneira diferente, considerando o espaço social, o tempo e as vivências de cada um.

CURRICULUM
1.Concurso de fotografias e exposição intitulada “Pelotas Quem te viu, Quem te vê. Uma colcha de Olhares” promovida pela Prefeitura Municipal de Pelotas através da Secretaria Municipal de Cultura. Exposição realizada no Hall da Prefeitura Municipal de 10 de agosto a 10 de setembro de 2007.
2.Participou da Exposição fotográfica Bem-vindo ao Laranjal na Casa da Prefeitura no Laranjal de 07.02.2008 a 17.02.2008.
3.Selecionado no Concurso de fotografias participando da exposição “Minha Laguna dos Patos: Retratos do Laranjal” através da Diretoria de Artes Visuais, no período de 05 a 30 de Março junto da programação de verão 2008 da Prefeitura Municipal de Pelotas.
4.Participou do Projeto Corredor Arte HE/FAU-IAD com exposição individual, denominada “OLHARES” no período de 02 a 16 de Julho de 2008, no Hospital Escola UFPEL/FAU.
5.Participou, à convite, de Exposição Individual, na Secretaria de Turismo e Lazer da Prefeitura Municipal de Pelotas no segundo semestre de 2008.
6.Selecionado no concurso de fotografias, participando da Exposição “Pelotas: Estação das Luzes” promovida pela Secretaria Municipal de Cultura, através da Diretoria de Artes Visuais, no período de 04 a 25 de fevereiro junto à casa de verão 2009 da Prefeitura Municipal de Pelotas.
7.Exposição fotográfica individual na Bolsa de Arte da UCPEL de. 01.07.2009 a 15.07.2009.
8.Exposição Individual no Corredor Arte do Hospital Escola UFPEL –FAU, intitulada “Criatura-Todo ser criado” no período de 04 a 24 de agosto de 2010-09-2010
9.Exposição Individual na Galeria de Arte da Universidade Católica de Pelotas- GARTE- denominada ‘Universo Singular” no período de 23 de agosto a 15 de setembro de 2010.
10. Exposição Individual na Sociedade Científica Sigmund Freud, a partir de 11 de novembro de 2010 intitulada Espírito Santo – Solo Sagrado

208. Cristina Semedo

“ Sem Título “
Acrílico sobre tela.
60x100cm
1000€

“Sem Título “
Acrílico sobre tela.
100x60cm
1000€

Ana Cristina Marques Semedo de Jesus Maria – Cris Jesus, nasceu em Cascais no ano de 1967.Participou no curso de Arte contemporânea leccionado pelo o professor Miguel Amado na Fundação Calouste Gulbenkian .Concluiu o curso de Pintura na Sociedade Nacional de Belas Artes.

Exposições Colectivas:
- XI Exposição 2010, “O Mar e Motivos Marinhos.” No Museu da Marinha em Lisboa.
- 2009 Atelier 3 Estoril.
- 2009 “Natividade” no posto de Turismo em Cascais.
- 2008 Galeria da Sociedade Nacional de Belas Artes.
- 2007 Salão Nobre em Paço de Arcos.
- 2006 Galeria da Casa da Cultura D .Pedro V em Mafra.
- 2005 Galeria S.N.B.A “Salão Convívio”.

Exposições individuais:
- 2010 Espaço “Z” no Estoril.
- 2009”Expo Arte” Sevilha.
- 2008 Galeria da Junta de Freguesia de Cascais.
- 2006 “Espaço” Hotel Albatroz.
- 2001 Sociedade Musical de Cascais.
- 1994 Galeria do Hotel Village.
- 1991 Galeria Lucília Cruz.
- 1990 Galeria da Junta de Freguesia de Cascais.

Prémios: em 1991,recebeu o prémio da Nova Cultura Urbana ,promovido pela Junta de Turismo da Costa do Estoril .Em 1994 foi-lhe atribuído pelo jornal “A Zona” ,o Prémio Artista Plástico.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

204. VIFER


Vítor Fernandes conhecido artisticamente como VIFER nasceu na Foz do Douro – Porto e reside em Carnaxide desde o seu regresso a Portugal. Fez os seus estudos em Angola, onde também iniciou a sua vida profissional.

Na década de 1960 além de actuar na representação de pequenos filmes amadores, pintava painéis de apresentação de shows de artistas no Rendez-vous do hotel onde trabalhava. Nessa época, além da escultura em gesso, desenhava e pintava retratos utilizando a técnica das quadrículas, para manter a escala da fotografia. Todos estes trabalhos eram realizados sem que tivesse recebido qualquer formação nestes campos. O gosto pelas exposições de arte iniciou-se nesta época, com aquelas que ocorriam em Angola.
Em 1975, com o retorno a Portugal para iniciar uma nova vida com a sua família, interrompeu todo o pouco que fazia na área artística. Cerca de trinta anos depois, voltou a sonhar com arte e outras formas de dar alento ao seu espírito criativo. No reinício do seu percurso artístico, encontrou dois reconhecidos artistas que o auxiliaram na carreira profissional de artista plástico.
Foi adquirindo a sua experiência, desenhando a carvão, fazendo os claros e escuros e pintando com tinta acrílica casas e paisagens, céus e nuvens, águas e reflexos, a Lisboa antiga e a típica.
Mais tarde surgiu a necessidade de expor as suas obras e o sonho de fazer uma exposição individual. Mas a dificuldade de um início prendia-se com a não existência de um curriculum que lhe abrisse as portas para uma exposição. E a falta de exposições não lhe permitiam ter um curriculum. A oportunidade veio com um Centro de Exposições e uma exposição individual. Que viria a traduzir-se no grande início. O facto de estar ligado a uma Associação Cultural também ajudou.
Com o tempo e após muitos estudos de formas, composição, efeitos cromáticos e experiências foi pintando e utilizando outras técnicas.
O pó de mármore e a sua utilização em diversos quadros, quer imitando batentes de portas e outras texturas bem como a utilização de folha de madeira proporcionou outras obras.
Estudou Kandinsky, fez quadros baseados neste grande abstraccionista mas não o satisfez. Esta insatisfação, característica nele, leva-o à procura de novas técnicas, novas sensações de realização artística,
Foi no início da sua carreira e numa viagem ao distrito da Guarda onde participou em encontros ibéricos de pintura ao ar livre, que teve a sua primeira entrevista que seria publicada no jornal regional “O Interior”
Foi nessa região que tirou ideias para várias obras onde utilizou acrílicos e colagens de fotografias, retratando casas e monumentos nomeadamente, em Castelo Mendo e Monsanto.
Foi fazendo exposições quer individuais quer colectivas, participou na feitura da maior tela do mundo (Guiness Record), expôs por duas vezes na Artexpo - New York, a maior feira de arte do mundo.
O seu percurso tem sido uma constante procura e experimentação; fez pintura sobre papel e contraplacados, sobre colagens em tela e sobre folhas de ouro, prata e cobre. Estas últimas experiências entusiasmaram-no muito, dado o resultado final dos brilhos e reflexos que a tinta acrílica produzia sobre essas folhas. Utilizou igualmente estas folhas sobre contraplacado, onde pintou abstractos geométricos, cujas imagens vieram a ser publicadas em livros editados pelo Museu das Américas.
Nesta fase do abstracto, fez duas exposições individuais “Formas em Cor” e “A Forma e a Cor”, merecendo a última uma extensa entrevista na Televisão Regional de Odivelas”
Continua pintando e experimentando texturas e suportes.
Tem experimentado nas suas obras de Ex-Libris de localidades, contraplacados recortados manualmente, pintados e colados em tela.
Ultimamente experimenta arte mais contemporânea.
É com sua grande satisfação que a experiência continua.
Está representado em colecções particulares

Está citado em:
-Livro “Art Diary International”
-“Livro de Ouro da Arte Contemporânea em Portugal 2006”
-“CD XIV Encontro Nacional Artistas Plásticos 2007 “
-“Catálogo ARTEXPO 2007—New York”
-“Catálogo “Puro Arte 2007—Feria Internacional de Vigo””
- Livro “100 Contemporary International Artists”
- CD “XV Encontro Nacional de Artistas Plásticos 2008”
-“Catálogo ARTEXPO - New York - 2008”
-Livro “ Contemporary Artists of the World 2008 / 2009”
-“ CD ART-EVENT 2008 Antwerpen/Belgium “
-Livro “Panorama Artístico y Cultural 2009”
-Livro “Mitos da Arte - Antologia de Pintores Portugueses Contemporâneos”
-“Livro de Ouro da Arte Contemporânea em Portugal 2009”

Nos sites
http://www.saatchi-gallery.uk.co/
http://www.myartspace.com/
http://www.artmajeur.com/
http://www.wanae.com/
http://www.vifer-arte.com/

Exposições efectuadas
2010 – Exposição Colectiva, ALPORTEL’ARTE, Galeria Municipal S.Braz de Alportel
– Exposição Colectiva Casa da Cultura de Marvão
– 16ª Exposição Internacional de Artes Plásticas de Vendas Novas
- 1º Salão de Artes Plásticas de Outono, S.Francisco - Alcochete
– Exposição Colectiva, Galeria Atlantica - Vila Sol – Vilamoura
- Exposição Colectiva, Galeria VerArte – Aveiro
- Exposição Colectiva, Museu das Tapeçarias Guy Fino – Portalegre
– Arte de Mãos Dadas com a Madeira, Galeria de Arte Mafalda d’Eça – Monte Estoril
– Exposição Colectiva Agenzia di Arte, Club Financiero de VIGO
2009 – Exposição Colectiva, Galeria 74 – Porto
– XVI Encontro Nacional de Artistas Plásticos, Quinta Nova da Assunção – Belas - Sintra
– Arte Verão na Casa da Guia, Casa da Guia – Cascais
– Três Fases – Exposição Individual, Junta de Freguesia de Carnaxide
– VIFER in 3D – Exposição Individual, Galeria Actual – Lisboa
– ConectArte 2010, Cordoba Internacional Art Contest
– I Bienal Internacional de Pintura da Fundação Rotária Portuguesa, Museu da Agua – Coimbra
– Exposição Colectiva - A Atear na …. Pólvora, Fábrica da Pólvora de Barcarena - Oeiras
– A Forma e a Cor, Exposição Individual, Biblioteca D.Dinis – Odivelas
2008 – Espaço Fortuna, Quinta do Anjo - Palmela
- Exposição Colectiva de Pintura, Junta Freguesia de Carcavelos e Casas Comerciais da Freguesia
– Formas em Cor
Exposição Individual Galeria Municipalde Almeirim
– Tradições re(inventadas), XV Encontro Anual de Artistas Plásticos, Galeria de Fitares – Sintra
– ARTEXPO 2008 NY, New York
2007– Exposição Pequeno Formato, Hotel Lisboa Tejo
– Poésie Visuelle dans Paris
Galeries ARTITUDE – Paris
– PURO ARTE 2007, Feria Internacional de Vigo
– Exposição Colectiva, St. Julian´s School
– Exposição Colectiva, “Artistas da Atear” Galeria Actual - Lisboa
- “Encontro nas Artes” Galeria Municipal de Ourém
- “Art meeting in London” na Red Gate Gallery - Londres
- “Velas ao Vento”, Espaço Montepio - Alcabideche - Cascais
- XIV Encontro Nacional dos Artistas Plásticos
Instalação / Exposição
“Cartas cheias de tudo ou de coisa nenhuma”
Galeria Fitares - Sintra
– Serigrafias/Gravuras - TAGUS PARK- Rotary C.Oeiras
- Feira Internacional Arte, Artexpo New York – U.S.A
2006 - Fundação Ouro Negro - Apresentação, “Livro de Ouro da Arte Contemporânea em Portugal 2006”
– Colectiva de pequeno formato, Casa Alexandre de Gusmão
Fundação Marquês de Pombal -Linda-a-Velha
- Colectiva na Casa Cultura dos Olivais
- Exposição Individual de Pintura “ O Casario” no Centro Cultural de Cascais
- Exposição Colectiva “Carcavelos Arte Hoje” na Galeria de Arte de Fitares - Sintra
– Colectiva “Sin Fronteras” na Galeria Zero de Barcelona - Espanha
2005 – Exposição Colectiva na JF de Carcavelos - Cascais
– Exposição Colectiva “Artist, me?” em St.Julian´s School - Carcavelos
 – Exposição Individual no Centro de Exposições, João Vilaret Ramada – Odivelas
– I Encontro Ibérico de Artes Plásticas “ A Guarda em Tela”
– II Encontro Nacional de Pintura ao Ar Livre
Exposição Colectiva de Pintura - Guarda
– Exposição Colectiva de Pintura
“Novos Horizontes”
Programa Saúd´Arte – Hospital Fernando Fonseca
Amadora-Sintra
– Exposição Colectiva de Pintura
“Carcavelos Arte Hoje” – Auditório da JF S.Domingos de
Rana – Cascais
- Colectiva de Pintura
Biblioteca Municipal de Lousada

202. M. Eugénia Medeiros


Cursos de Pintura ( 4 anos), Intervenção Plástica(2 anos), Desenho( 3 anos), Estética, História de Arte na Sociedade Nacional de Belas Artes, Cursos de Gravura, Workshop de Gravura na Arco, prática de gravura na Sociedade de Gravadores, Galeria Diferença ( Serigrafia e Gravura).

Principais Exposições

Individuais
Câmara Municipal de Sintra 2009/2010
Livraria Estação Cultura, Brasil (2003 e 2005)
Hotel Village, Cascais (2002)
Galeria d`Arte  Evorahotel, Évora (2001)
Convento de S. Domingos Montemor-o-Novo (2000)
Associação Paulista de Medicina, Brasil ( 2000)
Solar de Santa Maria, Óbidos (2000)
Casa do Médico de Marília, Brasil (2000)
Centro Cultural da Cidade de Marília, Brasil (2000)
UNESP-  Universidade Estadual Paulista (1999),

Colectivas

Sociedade Nacional de Belas Artes (exposições de final de curso e salão de sócios), Capela  Real de Salvaterra de Magos,  Centro Cultural da Ericeira, Hotel Village Cascais, Palácio da Independência - Lisboa, Auditório Municipal de Vendas Novas, Museu Martins Correia - Golegã, Museu da Electricidade - Lisboa, 1ª Biennal Internacionale di Mini-Grafica e Pittura - Accademia d` Arte di Pisa 1999 (premiada),  II Bienal de Artes do Alentejo- 1ª Internacional de Alentejo e Extremadura, Góis Arte 99, “ Books and Gallery Pangloss”, Pisa, 2ª Biennal Mundial di Mini-Grafica e Pittura – Accademia d`Arte di Pisa 2000(menção honrosa), 3ª e 4ª International Graphic Triennial Bitola 2000- República da Macedónia, Musée du Petit Format, Bélgica; Sixt Bharat Bhavan International of Print Art – 2004 , Índia ; Bienal de Gravura, Évora 2004; Centro Galego de Lisboa 2005; 13th International Print Biennial in Varna- Bulgária  2005; SNBA 2007 e 2008 e 2009 . Câmara de Lisboa 2009-.Galeria Diferença 2009 e 2010.Encontro de Artistas Palácio de Belas 2010, SNBA 2010

P.S. Escreveu e Ilustrou o livro Cu-Cuuuuu, para crianças patracinado pela Shell Portuguesa,  e ilustrou  o livro “ Estórias por Mães”, editado pela Câmara Municipal de Sintra.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

201. Ângela Belindro

Fragmentos_IV
velejar perdido

Dados pessoais:
Angela Belindro
Naturalidade: Lisboa

Currículo artístico:
2008/2009 - Atelier Livre de Pintura na S.N.B.A..
2004/2008 - Curso de Pintura na S.N.B.A.;

Exposições colectivas
2010 - Grupo de artísticas plásticas "Wonder 4 Art" - "4 Olhares" na Casa da Cultura da Junta de Freguesia de Santa Maria dos Olivais - Lisboa; Aveiro Jovem Criador 2010; Bienal Internacional de Artes Plásticas e Design Industrial da Marinha Grande; VII BIENAL DE ARTES PLÁSTICAS - C.M.VIDIGUEIRA; Arte Jovem de Torres Vedras; Grupo de artisticas plásticas "Wonder 4 Art" - "4 Olhares" no Edifício Central do Município Centro de Documentação - CM Lisboa; II Bienal de Artes de Ansião; Grupo de artistas plásticas "Wonder 4 Art" - "4 Olhares" - CNAP - Telheiras - Lisboa; Grupo de artistas plásticas "Wonder 4 Art" na Fábrica de Braço de Prata - Lisboa; Mertolarte..
2009 - Aveiro Jovem Criador; Prémios Salúquia às Artes - Moura; 1º Prémio Jovem Artes Plásticas - CAE - Figueira da Foz; IV Bienal de Coruche - Artes Plásticas; XVI Galeria Aberta - Beja; XVI Bienal Artes Plásticas - Avante; Exposição de final do ano lectivo dos cursos de desenho e pintura na Sociedade Nacional Belas Artes; Prémio Abel Manta de Pintura - Gouveia; 1º CONCURSO NACIONAL DE JOVENS CRIATIVOS – Câmara Municipal de Montijo.
2008 - Prémio Abel Manta de Pintura - Gouveia; Concurso de Pintura “Pintar Vieira do Minho”; I BIENAL INTERNACIONAL DO MONTIJO – IX PRÉMIO VESPEIRA; Mostra de Arte nos Anjos - Lisboa; Concurso Jovem Criador Aveiro; V Bienal de Pintura de Penafiel; I Bienal Internacional “Raul de Carvalho” – Alvito.
2007 - Exposição de final do ano lectivo dos cursos de desenho e pintura na Sociedade Nacional Belas Artes.
2006 - Exposição de final do ano lectivo dos cursos de desenho e pintura na Sociedade Nacional Belas Artes.
2005 - Exposição de final do ano lectivo dos cursos de desenho e pintura na Sociedade Nacional Belas Artes.
2003 - Exposição de final do ano lectivo dos cursos de desenho e pintura na Sociedade Nacional Belas Artes.

Exposição Individual
2008 - "O Princípio" Museu Municipal de Castro Daire;

Prémios
2010 - Menção Honrosa no Concurso MertolArte
2008 - 1º Prémio de Pintura Martins Leal – Olhão

Etiquetas